Carta 01/2018 – Florianópolis, 21 de março de 2018.

Aos Dignos Sócios da

ASSOCIAÇÃO CLUBE DOZE DE AGOSTO

Caras Associadas e Caros Associados

Desde que, em 28 de maio de 2017, assumi a presidência do nosso querido Clube Doze de Agosto tenho me dedicado diuturnamente a essa missão, de corpo e alma, inclusive com prejuízos para os escritórios de advocacia dos quais sou sócio.

Neste período muitos problemas foram atacados e algumas vitórias alcançadas, as quais passo a descrever sucintamente:

  • INSS/PERT – Programa especial de regularização tributária. Apesar dos esforços, dos pagamentos e das auditorias feitas na administração do Presidente Marcinko, que conseguiu reduzir substancialmente o valor da dívida do INSS, e dos pagamentos efetuados na administração do Presidente Salum, em meados de 2017, a dívida alcançava a cifra de R$ 4,6 milhões de reais, com prestações mensais que beiravam os R$ 50 mil. Com o surgimento do PERT, aderimos ao programa, pagamos uma entrada de R$280 mil reais e tivemos uma substancial diminuição no montante do débito, o qual foi reduzido para R$1.730.765,00, valor este que será pago em até 145 prestações mensais de R$ 11.600,00, o que nos dará um fôlego para a realização de investimentos.

  • IPTU – O Presidente Salum teve de optar entre o pagamento dos salários em dia ou pagar o IPTU. Optou pelos empregados e parcelou o IPTU de 2015, restando ainda o de 2016 o qual parcelamos e estamos mantendo em dia. Para o IPTU de 2017 a Prefeitura não parcelava os débitos vencidos no mesmo ano e, para obtermos as Certidões Negativas, garantimos a dívida e recorremos ao judiciário, o qual determinou a emissão da referida certidão, a qual nos possibilitou apresentar dois projetos junto ao FUNDESPORT visando captar recursos para investimentos: um na reforma do teto da piscina e outro para rendimento da natação. Estamos aguardando a aprovação dos mesmos. Para 2018 vamos manter em dia o pagamento do IPTU e os parcelamentos anteriores.

  • Estamos trabalhando em inúmeros outros projetos, mas os eventos da temporada, aliados ao pagamento do 13º salário, das férias dos professores, de condenações relativas a processos antigos, consumiram todas as nossas reservas e fomos obrigados a fazer uma operação bancária de antecipação de receitas, porém com a segurança de ser cumprida.

Quando secam as fontes de receita, compete ao administrador, ao invés de reclamar, buscar todas as alternativas legais possíveis, dentre elas a principal que é a cobrança dos devedores.

Foi com essa intenção que solicitei ao departamento financeiro um levantamento dos devedores do Clube com mais de dois meses em atraso e, para minha surpresa, recebi uma lista que ultrapassa o montante de R$115.000,00 (Cento e quinze mil reais).

Este é o principal motivo de minha carta, a qual deve ser entendida como uma conclamação e um pedido de ajuda. Ajuda daqueles que estão em dia com a tesouraria, nos incentivando e nos apoiando nessa difícil missão, que não pedi, mas que dela não vou fugir. Ajuda daqueles que, por esquecimento ou por opção, estão na condição de devedores, aos quais peço encarecidamente que procurem a tesouraria, paguem ou renegociem seus débitos.

Está em vigor a campanha para angariar novos sócios e o programa de regularização de débitos que, conforme o caso, pode oferecer condições favoráveis para quitação ou parcelamento.

Por respeito aos associados que pagam em dia seus compromissos, aguardaremos por 30 (trinta) dias a regularização das dívidas vencidas e, para que não haja surpresas e constrangimentos, após esse prazo, informo que, em conformidade com o disposto no §1º do Art. 27, do Estatuto Social, não permitiremos mais o ingresso, em qualquer uma das sedes do Clube, de devedores com débitos vencidos por mais de 90 (noventa) dias a contar desta data.

Do fundo do meu coração, peço que compreendam a minha missão, me ajudem e entendam que a missão é difícil mas tem que ser cumprida com tratamento igualitário e benefícios para todos.

Coloco-me a disposição de todos para ajuda-los no que for legal e possível.

Cordialmente:

PAULO ERNANI DA CUNHA TATIM

Presidente